16

assemblée générale

São Paulo, Brésil

7- 10 Mai 2013

16ª. Assembléia Geral da AUF

Non ducor, duco (não sou conduzido, conduzo) : o lema da cidade brasileira de São Paulo é o mesmo de cada universitário ; e também por refletir a ambição da comunidade universitária francófona que a AUF decidiu estabelecer sua 16ª. Assembléia Geral, de 7 a 10 de maio de 2013 nesta cidade.

A escolha do Brasil e de São Paulo para esta assembléia geral justifica-se plenamente. O Brasil confirma seu lugar de país emergente e de pólo universitário : sexta potência econômica mundial, a frente do Reino Unido, mobiliza 6% do seu PIB na educação e classificou-se em 13º. lugar dentre os países produtores de conhecimento, ultrapassando a Rússia em 2009. Com seus 6,5 milhões de estudantes, o Brasil lançou o programa “Ciências sem fronteiras” ; seu objetivo é enviar 100 000 estudantes brasileiros de todas as matérias para aperfeiçoar sua formação no exterior até 2015.

O desejo pela Francofonia é muito forte : a Agência conta com 14 universidades membros e uma filial de seu Escritório das Américas instalado em São Paulo. É nesta megalópole de mais de 20 milhões de habitantes com um urbanismo abundante, onde as florestas de arranha-céus misturam-se aos edifícios com um estilo arquitetônico mais clássico, que bate o coração econômico e cultural do país. Sua longa tradição de imigração a torna uma cidade com múltiplos rostos parecendo-se com uma população de diversas origens, principalmente italiana, japonesa, libanesa e espanhola. Uma cidade com 90 museus marcados pela Família Artística Paulista, acolhe ume prestigiosa bienal internacional de arte ; onde encontra-se um dos raros museus no mundo consagrado a uma língua, o Museu da Língua Portuguesa. A região com numerosos endereços históricos e naturais, como as praias do litoral e as fazendas de café, grandes propriedades rurais brasileiras do século XIX, a serem descobertas. Eclética, encontramos em São Paulo a mistura das tradições (culinárias, musicais, religiosas,...) típico do Brasil, aliada ao modernismo paulistano.

A 16ª. Assembléia Geral é para você, reitor, presidente ou diretor de um dos 786 estabelecimentos membros da AUF, dos países membros da Francofonia institucional como aliás, da China à África do Sul passando pela Índia, a Rússia e claro o Brasil. Organizada somente a cada quatro anos, trata-se do encontro inevitável dos que, em diversos níveis, estudam, formam e pesquisam em francês.

Para esta edição, responsáveis universitários de 98 países estarão presentes durante quatro dias de intercâmbio, debates, eleições e descobertas culturais na maior cidade do Brasil, num cenário único o Memorial da América Latina desenhado por Oscar Niemeyer. Este fórum alternará mesas redondas, sessões plenárias, encontros informais e atividades recreativas.

Dentre os temas discutidos, intercâmbios sobre a problemática-chave do meio universitário : mercantilização e massificação do ensino superior, financiamento das universidades, profissionalização das formações, troca de boas práticas de administração, espaço para a educação digital. Estas discussões resultarão em uma declaração final feita com recomendações ; a Francofonia universitária se fará escutar.Para facilitar a conclusão ou a multiplicação de acordos de cooperação entre universidades, encontros acadêmicos expressos serão organizados ; eles permitirão trocas diretas entre os numerosos participantes. Os universitários brasileiros, bem como os de toda a América Latina onde a Agência é representada, serão homenageados.

A assembléia geral é a suprema instância da AUF ; trata-se de um momento único na vida da Agência onde, como representante de um estabelecimento membro, você terá o privilégio de eleger, entre seus colegas, um novo presidente, como também, se desejar, conquistar a confiança da assembléia para sediar o Conselho Associativo e o Conselho Administrativo da AUF. Participar das instâncias de administração da Agência Universitária da Francofonia é uma oportunidade excepcional de influenciar na definição das prioridades e das ações da francofonia universitária dos próximos quatro anos ; é a ocasião de agir para não deixar a formação e a pesquisa em francês distanciarem-se, mas ao contrário, levá-las ao auge da excelência e do reconhecimento internacional.

Um convite para inscrever-se nesta Assembléia Geral lhe será encaminhado a partir de 15 de outubro de 2012 para que participem numerosos neste importante evento.

Esperando viver juntos as diversidades francófonas em terra brasileira.

Leia o texto de boas-vindas em sua totalidade

Bernard Cerquiglini, Reitor da Agência Universitária da Francofonia - Yvon Fontaine, Presidente

Partenaires

TV5Monde
Visite São Paulo
Fórum de Assessorias das Universidades Brasileiras para Assuntos Internacionais
Memorial da América Latina
Serviço Social do Comércio
Conselho de Reitores das Universidades Estaduais de São Paulo (Cruesp)
L'Universidade de Sao Paulo
L'Universidade Estadual Paulista